Últimos assuntos
» Minha porquinha está com piolho
por ElviseBob Seg 9 Jul - 13:37

» Dentes Da Minha PDI
por Arttur97 Sab 30 Jun - 10:37

» Problema nos OLHOS - Perguntas e comentários
por Andressa Steiner Qua 20 Jun - 23:00

» Porquinho da índia com olho furado
por Jennifer Sab 17 Fev - 14:46

» Ficha médica : Alan
por Alan_Aporquinha Sab 20 Jan - 17:59

» Ficha médica da Peruca
por Isabela Luccas Seg 4 Dez - 6:35

» RELATÓRIO DE TÓPICOS MODERADOS
por Isabela Luccas Sex 1 Dez - 11:15

» Ficha médica: pig da Cynthia Costa
por Isabela Luccas Sex 1 Dez - 11:12

» Ficha médica: Pudim
por Isabela Luccas Sex 1 Dez - 11:11

Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Dezembro 2018
SegTerQuaQuiSexSabDom
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      

Calendário Calendário

Parceiros
Fórum grátis

Fórum grátis

Estatísticas
Temos 6332 usuários registrados
O último usuário registrado atende pelo nome de jaquelumelo

Os nossos membros postaram um total de 38675 mensagens em 2063 assuntos

Ficha Médica da Kiki

Ir em baixo

Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Gica & Kiki em Ter 14 Abr - 16:58

Olá.
É a primeira vez que publico aqui e essa postagem vai como aviso, conselho, e também como um desabafo. 
Meu nome é Giovanna, moro em Vinhedo, no interior de São Paulo e minha bela e rebelde Kiki esteve comigo por 2 anos e 7 meses, sem dúvidas os mais felizes que já tive. Espero que ela também tenha se sentido assim. 
Dia 10/04, sexta-feira passada, ela me deixou. E eu vou tentar contar tudo o que aconteceu, sem me esquecer de nada. 
Desde quando eu adotei a Kiki (com mais ou menos uns 40 dias), sempre fui muito preocupada em saber como cuidar de um porquinho do modo correto, visto que eu nunca tive esse tipo de animalzinho de estimação. E claro, não apenas eu era cuidadosa, mas toda a minha família também. Pois bem, Kiki vivia em um cercado, tinha água, feno, ração (Nutricobaia), verduras frescas todos os dias (sua favorita era chicória) e, algumas vezes, frutas, como maçã e banana. E sem contar sua dose diária de 3 gotinhas de vitamina C. 
Kiki era (e sempre será) o meu amorzinho. 
Porém, desde o começo do ano eu coloquei na minha cabeça que ela precisaria de uma companheira. Pois, como todos nós sabemos, porquinhos são animais que vivem em grupo e, vivem melhor quando tem companhia. Até que em meados de março eu comecei a reparar que ela andava abatida, dormia mais que o normal e parecia sempre entediada, apesar de eu brincar com ela todos os dias por no mínimo 1 hora. 
Até que em um sábado, dia 28/03, eu comprei outra fêmea, a Lolla. 
Fiz tudo do modo mais perfeito possível para que elas se conhecessem! 
Arrumei um local neutro para a apresentação, não coloquei a nova integrante diretamente no alojamento da Kiki, e deixei que elas se conhecessem (com a minha supervisão).
Correu tudo bem. A Lolla parecia toda feliz e pipocava sem parar (como todo filhote) e a Kiki parecia nem ligar, na verdade ela parecia não estar nem aí. Fiquei algumas horas com elas assim, até dei verduras para que elas dividissem e comessem juntas, deu tudo certo. 
Na hora de dormir eu as separei, não queria já deixar as duas juntas tão cedo sem a minha supervisão.
No dia seguinte, a Kiki continuava amoada, e então eu percebi que ela havia comido muito pouco. Quase nada. E quando eu tentava pegar ela no colo, ou a Lolla se aproximava para brincar, ela gritava e chorava. 
No mesmo dia, era um domingo, eu a levei no veterinário (paguei caro porque era domingo né, mas eu não podia esperar).
O veterinário, aparentemente novo, mas muito atencioso a examinou e me disse que ao apertar a mandíbula dela, abaixo das orelhas, ela estava com dor e o local inflamado. Assim, ele encaminhou a Kiki para um radiografia e receitou um antibiótico (Maxicam) para a inflamação. 
Na segunda-feira eu liguei para a clínica de radiografia e eles me informaram que só teriam horário no sábado. Fiquei em desespero, pois a Kiki estava comendo cada vez menos e chorando e gritando cada vez mais. Liguei novamente para o veterinário e ele me indicou um segundo lugar que tirava radiografia. Consegui horário apenas para quinta-feira. Bem, menos mal, pensei. Melhor que sábado. 
Os dias se arrastaram. Kiki ainda comia, porém bem pouco. Ela dava preferência para alimentos mais fáceis de mastigar, como as verduras. 
Quinta-feira chegou e eu a levei para tirar raio-x. 
Após pegar o resultado eu, na mesma hora, voltei ao veterinário e, olhando o raio-x da Kiki, ele me disse que ela estava com uma forte inflamação no ouvido. Perguntei o porque, e ele simplesmente me disse que animais têm dor de ouvido igual nós, humanos, temos, pode aparecer do nada. 
Enfim, ele receitou um remédio para dor (Tramadol), um para que eu pingasse no ouvido dela, para tratar (Auritop) e outro para a limpeza do ouvido (Auriclean). E ao terminar a consulta, eu saí bem feliz pois o veterinário tinha me passado confiança dizendo que agora estava tudo bem, 10 dias de tratamento e a Kiki estaria boa novamente. 
Engano dele.
Sábado a noite, ela parou de comer. 
Comecei a procurar na internet como fazer papinhas para porquinhos da índia e passei a alimentá-la assim. Porém, para o meu desespero ela não queria aceitar. Ela não engolia muito do que eu dava pra ela. 
Eu não sabia mais o que fazer, eu, e ela. A gente só chorava. 
Segunda-feira eu a levei no veterinário novamente. Cheguei desesperada. Ela, que pesava 1 Kg, agora estava com 850gr. 
O veterinário, preocupado, ao olhar e avaliar a Kiki, me disse que ela não estava mais com dor, pois quando ele apertava aquele local que antes ela gritava, agora ela nem ligava. 
Aí ele me disse que era provável que ela não estivesse comendo porque o remédio que tira a dor (Tramadol) pode dar um pouco de enjoo. Então ele me disse que eu poderia parar de dar aquele remédio, pois o tratamento já estava fazendo o efeito esperado. E sem me esquecer de que ele também disse para eu continuar a tentar dar as papinhas para ela, forçá-la a comer, e também receitou um multivitamínico (Glicopan).
Terça, quarta passou e quinta-feira a Kiki estava ótima. Brincamos o dia todo, junto com a Lolla. Tirei várias fotos delas juntas e, para a minha felicidade, a Kiki tinha começado a aceitar a papinha, ela fazia questão de mastigar o que eu colocava na boca dela. A quinta-feira foi assim, e eu, depois de muitos dias, fui dormir tranquila.
Acordei na sexta-feira e, como "combinado", peguei a Kiki no colo para dar sua refeição matinal, a primeira do dia. Porém, antes disso, fui dar o multivitamínico. Assim que coloquei o remédio na boquinha dela, ela tombou de lado, com a boca aberta, despejando todo o remédio.
Eu senti como se eu fosse desmaiar. 
No desespero, peguei ela no colo e apertei contra o meu peito. Ela estava gelada. Respirava ofegante. 
Liguei para o meu namorado aos choros para que ele aparecesse em casa. Nunca vi ele chegar tão rápido. 
Era cedo, o veterinário ainda não havia aberto. 
Fiquei uma hora com ela, deitada no sofá, tentando acalmá-la e aquecê-la. 
Quando finalmente deu o horário, fomos na clinica atrás do veterinário que tinha atendido a Kiki até o momento. Chegando lá ele notou o nosso desespero e, ao meu ver, ele também se desesperou. O veterinário parecia sem saber o que fazer pois aquela reação da Kiki o surpreendeu também! Como isso se ontem ela estava tão bem? Se até o momento ela havia respondido tão bem ao tratamento? Estava tudo tão certo... 
Ela estava desidratada e com hipotermia. 
O veterinário a internou, deixando ela no soro e com uma manta térmica. Então ele me disse que depois que o soro acabasse, ele iria analisá-la direito. Pois ele achou melhor assim. 
Concordei. Lógico. Ela estava muito fraca, precisava dar uma melhorada antes de fazer algum exame. 
Teríamos que esperar por 2 horas. 
Deixamos nossos números com ele, para qualquer coisa que acontecesse, ele ligar. 
A clínica fica dentro de um shopping. Então fomos almoçar e esperar as duas horas passar. Já que a gente não poderia fazer mais nada.
Ele não ligou. E eu sabia que algo tinha dado errado. 
Voltamos para a clínica e o veterinário estava lá, sozinho e com uma expressão abatida. Achei que a minha expressão ia cair.
Ele pediu para que a gente se sentasse. 
E então, como se ele estivesse com medo de nos contar, ele começou a dizer que quando o soro acabou, a Kiki aparentava estar melhor, foi quando ele a pegou no colo e ela parou de respirar. 
Eu juro que eu não ouvi mais o que ele disse depois. Mas meu namorado me falou que ele até a levou para o centro cirúrgico para reanimá-la. Mas nada funcionou. 
Ele sentiu muito por tudo aquilo, disse que não sabia explicar o porque disso tudo. A única coisa que ele sabia dizer era que ela chegou ali desidratada e com hipotermia. 
Ele ofereceu para fazer necrópsia nela. Mas infelizmente é muito dinheiro, já que eu ainda estou pagando por tudo o que fizemos para tentar salva-la até o momento. 
Eu não sei mais como explicar tudo o que aconteceu.
Eu não sei porque é que teve que ser assim. 
Eu me sinto culpada. Eu tenho a sensação de que em algum momento eu errei e fiz algo que eu não deveria fazer. 
Eu só sei que eu a perdi. Não consegui salvá-la e não consigo me perdoar por isso. 
Eu só queria que ela soubesse que se eu errei, foi no desespero de tentar salvá-la. Espero que ela me perdoe. 
Faz quase 5 dias e eu não durmo mais, não consigo parar de chorar. Não sei mais o que fazer para aliviar essa dor. 
Me desculpem por tudo isso, eu precisava desabafar com pessoas que realmente me entenderiam.
Espero que a Kiki tenha sido tão feliz comigo como eu fui com ela!
avatar
Gica & Kiki

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/10/2012
Idade : 29
Localização : Vinhedo/ São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Convidado em Ter 14 Abr - 17:20

Sinto muito pela Kiki.
Sei o que isso é.
Força.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Isabela Luccas em Ter 14 Abr - 19:09

Sinto muito :/ passei por uma situação parecida a uns 9 meses, mas não foi culpa sua... Fazemos de tudo, mas a genética deles é muito delicada.
avatar
Isabela Luccas
Moderador

Mensagens : 1907
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 23
Localização : Rio Claro SP

https://www.facebook.com/groups/disneypig/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Convidado em Ter 14 Abr - 19:11

Os anos de vida são poucos dos porquinhos mas os momentos que passam conosco são inesqueciveis.
Fica a saudade.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Marshara em Qua 15 Abr - 11:04

Sinto muito pela Kiki! Desde que ganhei a Mia, penso nisso... Cada dia me apego mais e sei que, em algum momento, quando ela me deixar, eu ficarei arrasada =(
avatar
Marshara

Mensagens : 5
Data de inscrição : 07/04/2015
Idade : 29
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Jamile Gomes em Qua 15 Abr - 20:19

Há exatos 15 dias eu sei exatamente o que você está sentindo. A diferença é que o médico foi atencioso e cuidadoso com você e a Kiki. Ainda não tive chão para desmontar o cercado e não consigo passar por ele sem me emocionar, está exatamente como ele deixou.

Eu não tenho outro porquinho, uma hora sei que vou ter que desmontar, mas ainda não me sinto preparada, é como se o Bidu fosse voltar a qualquer momento.

Estou aos poucos me recuperando dessa dor que eu sei que virará saudade e lembranças dos momentos bons. Mas como uma pessoa que compartilha da sua dor, eu posso dizer Força, você foi uma dona excelente, fez o possível para salvá-la mas infelizmente existem coisas que fogem do nosso controle.

Relembre com alegria dos momentos bons, tenha força para criar esse novo bebê e aproveite cada fase gostosa que eles nos proporcionam.

Tenha fé e paciência.
avatar
Jamile Gomes

Mensagens : 7
Data de inscrição : 09/04/2015
Idade : 31

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Convidado em Qui 16 Abr - 9:43

Quando minha 1º porquinha Alice virou estrelinha,
eu senti raiva, não queria falar com ninguém,
afastei no meu canto de tudo.
Tambem senti muita tristeza e ainda ouvia os cui cui dela. 

Mas depois fiquei com muita saudade até decidir ter outra porquinha.
Quando peguei na Amélia a 1º vez fiquei emocionada,
imaginei que fosse a Alice.
E aceitei a Alice virar um anjinho mas ainda tenho muita saudade.

Por isso eu digo a todos para não desistirem de ter porquinhos porque são animais que ficam protegidos com a gente. E eles precisam de nós.


Muita força.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Gica & Kiki em Qui 16 Abr - 11:39

Obrigada meninas, pela força. 
Só vocês para entenderem pelo que eu estou passando aqui, sem a Kiki. Pois é difícil encontrar quem realmente se importe. 
Complicado explicar para as outras pessoas que pensam "ah, mas era só um porquinho da índia". Não! Não era só um porquinho da índia. Eu não a via apenas assim, era a Kiki. Era aquela "pessoinha" que eu conversa e dava "boa noite" todas as vezes antes de dormir. Que eu amava imensamente e por isso, nesses últimos 20 dias, eu vivi por ela!
Eu não consigo pegar a Lolla no colo sem me emocionar. 
Amanhã faz uma semana, mas eu ainda acordo assustada no meio da madrugada com o pensamento de que a Kiki precisa de mim. 
avatar
Gica & Kiki

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/10/2012
Idade : 29
Localização : Vinhedo/ São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Isabela Luccas em Qui 16 Abr - 13:01

Por mais que eu sofra com as perdas, não me vejo sem eles. São os meus pets, amo de todo o meu coração eles. Gastei uma nota pra tentar salvar a minha menina, infelizmente não consegui. Mas sei que onde ela está, ta muito contente com a vida que as irmas tem... Ver em como melhorei a vidinha delas. Já perdi 2 meninas no mesmo dia, quase desmaiei... Nunca chorei tanto. Mas eu não consigo ficar sem. 
Sigo a ideia de que são eles que nos escolhem, eu até hj não tive uma porquinha preta kkkk pq sempre que vou pegar, eu me sou tocada por outra. Sabe quando vocês se olham e sente um "eu sabia que era você"? Pois é...
avatar
Isabela Luccas
Moderador

Mensagens : 1907
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 23
Localização : Rio Claro SP

https://www.facebook.com/groups/disneypig/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Convidado em Qui 16 Abr - 18:12

Gica: Não tem de agradecer a Força, todos ou quase todos passamos pelo mesmo.
Sim é dificil encontrar quem se importe, por isso meu conselho é voce falar de animais só com pessoas que gostam, entende?
Ai vai ser mais compreendida e ninguém te magoa com certas palavras.

Já aonteceu comigo quando adotei meu gatinho preto,
fui dizer toda contente e a pessoa virou-se:
"para que queres um gato?"
Fiquei mesmo revoltada e reparei que era uma pessoa mesmo sem coração nenhum.

Essas pessoas que não entendem e nem conhecem o amor de uma animal, sinceramente não pode ser boa pessoa.
não digo que todos gostem mas que respeitem quem gosta.

Isabela: Estou de acordo, tambem por mais que sofra não desisto.
E tambem meu marido não deixava ele adora as porquinhas.
Tb nunca tive porquinhas pretas, escolho sempre outra cor, ou elas escolhem a nós?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Isabela Luccas em Qui 16 Abr - 19:28

Elas nos escolhem, pq já tive a oportunidade e fiquei com a outra kkk
avatar
Isabela Luccas
Moderador

Mensagens : 1907
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 23
Localização : Rio Claro SP

https://www.facebook.com/groups/disneypig/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Convidado em Qui 16 Abr - 19:48

Um dia gostava de ter uma porquinha toda branquinha,
são albinas essas não é?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Isabela Luccas em Sex 17 Abr - 0:01

Não, as branquinhas de olhos vermelhos são chamadas de PEW (pink eyes white), os albinos são brancos com os olhos bem pretos (são bem difíceis de se achar). E os brancos com orelhas e focinhos mais escuros são chamados de himalaios.
avatar
Isabela Luccas
Moderador

Mensagens : 1907
Data de inscrição : 24/09/2012
Idade : 23
Localização : Rio Claro SP

https://www.facebook.com/groups/disneypig/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Convidado em Sex 17 Abr - 10:24

Já tive um hamster albino.
Era muito meiguinho.
Tambem gosto dos porquinhos peruanos.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha Médica da Kiki

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum